fbpx
Sente os olhos secos? Conheça as causas!

Sente os olhos secos? Conheça as causas!

Se tem notado alguma irritação nos olhos, sensação continuada de um corpo estranho no olho e até alguma secura? É provável que esteja com olho seco!

Uma patologia cada vez mais comum, derivado à exposição constante às telas de dispositivos eletrónicos, sistemas de ar condicionado, ambientes quentes e secos, entre outros. Situações que potenciam o surgimento da Síndrome do Olho Seco.

Sendo esta uma doença que se tem vindo a desenvolver com mais frequência neste século, a nossa clínica oftalmológica especializada em Olho Seco decidiu partilhar consigo as causas para que assim possa estar prevenido e evitar condições graves.

Preparado?

O que é a Síndrome do Olho Seco?

O olho seco é um distúrbio ocular que vai originar desconforto, instabilidade do filme lacrimal e consequentemente danificar a superfície ocular. Os nossos olhos precisam de lágrimas para se manterem saudáveis e confortáveis. Com cada piscar das pálpebras, as lágrimas espalham-se pela superfície anterior do olho, conhecida como córnea, ou seja, as lágrimas fornecem lubrificação e reduzem o risco de inflamação ou infeção ocular. Se os seus olhos não produzem lágrimas suficientes ou de qualidade, a esta Síndrome chamamos de olho seco.

Já se questionou quais os ingredientes para que uma simples lágrima seja perfeita? Estas são uma mistura de:

  • Água, para a humidade
  • Óleos, para lubrificação
  • Muco, para uma propagação uniforme
  • Anticorpos e proteínas especiais que mantêm a infeção à distância

Os ingredientes provêm de glândulas especiais à volta do olho. Ter olhos secos significa que o seu sistema lacrimal está em desequilíbrio.

Quando as lágrimas não fornecem humidade suficiente, poderá sentir:

  • Sensação de areia
  • Sensação de corpo estranho no olho
  • Comichão
  • Vermelhidão
  • Visão desfocada
  • Sensibilidade à luz

Por vezes, o olho seco também pode desenvolver lágrimas em demasia. A esta condição confusa chama-se secreção de lágrima reflexa. Acontece porque a falta de humidade irrita o seu olho. O seu sistema nervoso vai enviar um sinal de “angústia” ou reflexo para obter maior lubrificação, e assim, ocorre uma “inundação” de lágrimas para compensar a secura. O sintoma é idêntico ao que acontece quando se recebe poeira no olho. Mas estas lágrimas são sobretudo água, por isso não agem como lágrimas normais, servem somente para lavar os detritos.

O que causa os Olhos Secos?

Conforme referido, por vezes, há uma falta de equilíbrio no nosso sistema de fluxo lacrimogéneo, devido à utilização de ar condicionado, aquecedores, exposição excessiva aos aparelhos digitais ou outras coisas à nossa volta que podem secar a película lacrimal. No entanto, existem outras causas, tais como:

  • O processo de envelhecimento natural, especialmente a menopausa na mulher.
  • Efeitos secundários de certos medicamentos como anti-histamínicos.
  • Doenças que afetam a capacidade de produzir lágrimas, como a Síndrome de Sjogren, artrite reumatóide, e doenças vasculares de colagénio.
  • Problemas que não permitem que as suas pálpebras fechem como deveriam.
  • Uso prolongado de máscaras de proteção facial descartáveis.

Como é realizado o tratamento do Olho Seco?

Existem várias opções para tratar o problema do olho seco. Estes vão desde o uso de lágrimas artificiais e colírios sem conservantes, conhecidas como gotas para olhos secos, até tratamentos de última geração, como é o caso da luz pulsada.

Independentemente do tipo de tratamento este deve ser sempre recomendado por um médico oftalmologista. Na nossa clínica oftalmológica vai encontrar uma equipa especializada em olho seco. Seremos certamente o seu melhor aliado na preservação e recuperação da sua visão.

Assim, convidamos a marcar já uma consulta de oftalmologia, através dos contactos disponibilizados.