Consulta de oftalmologia tudo o que deve saber

Consulta de oftalmologia tudo o que deve saber

A sociedade em que vivemos encontra-se estruturada em função da visão. Como tal é fundamental a manutenção de uma boa saúde visual.

Em Portugal, as estatísticas comprovam que a realização de consulta de oftalmologia é das práticas mais esquecidas. Cerca de 75% dos défices visuais identificados em consulta podem ser evitados.

Muitas pessoas desconhecem que sofrem de algum tipo de patologia ocular e, muito menos, o seu grau de desenvolvimento. O diagnóstico precoce é fundamental ao prevenir que certas doenças atinjam proporções irreversíveis, como a perda visual total.

Neste artigo, explicamos como a consulta oftalmológica é essencial para detetar e tratar, do ponto de vista médico e/ou cirúrgico, doenças oftalmológicas e, tudo o que deve saber antes de marcar a sua consulta.

Para que serve a consulta de oftalmologia?

O médico oftalmologista define quais os exames a realizar na consulta de oftalmologia.

Conheça os mais comuns:

  • Exame de refração

O exame mais comum. Identificamos eventuais erros refrativos com necessidade de correção com óculos. São colocadas imagens, letras ou números longe e perto, para o paciente identificar o que consegue ver.

  • Teste de Avaliação de Ortóptica

Esta avaliação incide no estudo do equilíbrio oculomotor e sensorial da visão binocular. Através dele conseguimos despistar algum grau de desequilíbrio dos movimentos oculares ou a presença de estrabismo.

  • Avaliação Ocular Externa

Os olhos, pálpebras e canais lacrimais são examinados. Identificamos se alguma zona está irritada. Neste exame percebemos o que deve ser detetado com maior detalhe.

  • Biomicroscopia

Com o biomicroscópio ou lâmpada de fenda conseguimos fazer uma observação tridimensional da estrutura dos olhos. Detetamos alterações decorrentes de inflamações, infeções, traumas, malformações, doenças sistémicas e, diagnosticamos doenças, como: blefarites, conjuntivites, cataratas, uveítes, glaucoma, entre outras.

  • Tonometria

Através deste exame avaliamos a medida da pressão intraocular, fundamental no despiste de hipertensão ocular e glaucoma.

  • Fundoscopia

A avaliação do fundo do olho, permite-nos avaliar o estado da retina, disco ótico e coróide. Tal exame é fundamental na deteção de doenças como o glaucoma, a retinopatia diabética ou a degenerescência macular relacionada com a idade.

 

A preocupação com a visão não pode começar apenas em adulto! Este hábito deve ser incutido desde criança.

Está na altura de descobrir o que é a Oftalmologia Pediátrica.

 

consulta de oftalmologia pediátrica

O que devo saber sobre Oftalmologia Pediátrica?

Atualmente o padrão de atividades nos tempos livres da maioria das crianças e adolescentes, passa pela utilização de dispositivos eletrônicos como tablets e smartphones.

O excesso de utilização deste tipo de aparelhos a partir de uma idade precoce, diminui o tempo de atividades ao ar livre, o que parece estar associado a um aumento da prevalência de certos tipos de erro refrativo, nomeadamente miopia.

Adicionalmente, parte do insucesso escolar de algumas crianças pode resultar de um problema de visão!

Para ultrapassar estas dificuldades, os pais precisam não só de criar regras quanto ao uso destas tecnologias, como de restringir o seu tempo de utilização. Contudo, o mais importante, é incutir um hábito na ida às consultas oftalmológicas.

 

O que posso esperar da consulta de oftalmologia pediátrica?

Como incentivar as crianças a ir às consultas?

Sabemos que para a criança a ida a uma consulta médica pode ser interpretado como uma experiência negativa, geradora de medo e ansiedade. Uma estratégia útil na abordagem da consulta pediátrica, passa por incutir na criança o espírito de desafio, como se participasse num jogo.

Pais: Descubram o que acontece na consulta de oftalmologia pediátrica:

Vão ser utilizadas escalas de medição de acuidade visual, de acordo com a idade da criança.

Avaliação do equilíbrio oculomotor.

Exames:

  • Refração sob cicloplegia – (dilatação temporária da pupila)

A refração sob cicloplegia é fundamental no exame da criança, permitindo determinar corretamente o erro refrativo e eventual necessidade de óculos. Para tal usamos gotas ou colírios para paralisar temporariamente o músculo responsável pela focagem.

Para além deste exame, a nossa clínica conta com o Photoscreener (Plusoptix), um instrumento de diagnóstico inovador!

Com este aparelho, tiramos uma simples fotografia para descobrir a refração objetiva.

Este aparelho permite o rastreio de fatores ambliogénicos com maior fiabilidade.

A partir de um ano e após o rastreio, conseguimos tratar precocemente crianças que no futuro teriam irremediavelmente perda do seu potencial desempenho visual.

 

Em suma, a prevenção é primordial para cuidar da saúde dos seus olhos.

Se já está a considerar marcar uma consulta de oftalmologia no Porto, venha conhecer a nossa equipa de profissionais na Clinsborges.

Na nossa Clínica oferecemos um atendimento diário no âmbito da Oftalmologia geral e, na resolução de situações oftalmológicas pediátricas.

Marque já uma consulta de oftalmologia na nossa clínica, através dos contactos que disponibilizamos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.