Olhos Inchados potenciais causas

Olhos Inchados potenciais causas

Olhos inchados são uma queixa muito comum nas consultas de oftalmologia de rotina.

A esta realidade atribuímos o nome de edema ocular, provocado principalmente por lesões oculares ou traumas e, alergias que afetam o olho.

A Clinsborges é uma clínica oftalmológica sediada no Porto e, ao longo destes anos tem vindo a ser a solução para os tratamentos desta e muitas outras patologias.

É por acreditamos que o paciente deve ir às consultas já com algum conhecimento de causa, que preparámos um artigo com foco nas potenciais causas do Olho inchado!

Vamos começar?

 

A inflamação nos olhos não escolhe idade ou sexo e, tanto pode ocorrer em apenas um dos olhos, como em ambos.

O grau de inchaço no olho não está diretamente associado à gravidade da doença em questão!

Da mesma forma que a localização e a forma do edema: podem existir variações consoante a causa subjacente e, a forma como este se manifesta.

Por isso, poderá sentir desconforto e inchaço tanto na parte inferior, como na parte superior, interior, exterior ou no canto do olho.

Muitos pacientes diagnosticados com este problema ocular apresentam uma tumefação ou “papo” mais difuso, que atinge toda a superfície dos olhos.

Porém, nunca se exclui a possibilidade de os olhos inchados estarem associados ao esforço contínuo do sistema ocular.

Neste cenário, o cansaço ocular deve-se ao excesso de horas dispensadas com o uso de aparelhos digitais.

Além destes sintomas, existem muitos outros relacionados aos Olhos Inchados.

Acompanhe!

 

Olhos inchados, que tipo de problema ocular é?

Se o seu olho está inchado ou doloroso, existe uma grande probabilidade de virem a ser detetada uma ou várias doenças dos olhos, como é o caso do hordéolo ou terçolho, blefarite ou alergias oculares.

No entanto, se o olho estiver inchado e vermelho existe uma forte suspeita de conjuntivite.

É aliás muito provável que, neste preciso momento, esteja a sentir comichão nos olhos ou até ardência. Este sintoma é muito comum nas alergias oculares!

Se reparar, quando sente irritação ocular, o primeiro instinto é esfregar os olhos, não se apercebendo no momento que esse ato agrava ainda mais a sua condição.

Esfregar o olho pode parecer um ato inofensivo, quando na realidade está a facilitar o surgimento de substâncias químicas. Estas substâncias têm como função aumentar a comichão, sem falar o possível contágio, no caso de infeção ocular!

Além disto, não descarte a possibilidade de desenvolver fotofobia (sensibilidade à luz), lacrimejo constante, dores de cabeça ou visão embaciada.

Como Centro especializado no tratamento de doenças oculares, estamos conscientes que a maioria dos pacientes confunde os olhos inchados com pálpebras inchadas!

Tenha sempre em mente que uma pálpebra inchada ocorre sempre que exista uma inflamação ou excesso de fluídos, nos tecidos circundantes do olho.

O inchaço, neste caso concreto, pode derivar de doenças oftalmológicas como o hordéolo ou terçolho, para além de poder atingir a pálpebra superior ou a inferior.

Dito isto, está na altura de conhecer as principais causas desta patologia!

              

Quais são as causas do Olho Inchado?

Eis as principais causas subjacentes aos olhos inchados!

 

Conjuntivite

Quando referimos a conjuntivite está implícita uma inflamação ou infeção da conjuntiva, na qual os sintomas mais frequentes são a vermelhidão na parte branca dos olhos, o prurido ou comichão, o lacrimejo e sensibilidade à luz.

Fica ainda a saber que existem três tipos de conjuntivite, sendo que esta pode ser infeciosa, alérgica ou química.

 

Alergia nos olhos

Quando o nosso sistema imunológico reage, de forma exagerada, a alguma substância estranha atribuímos o nome de alergénio!

Os alergénios podem ser medicamentos, alimentos ou substâncias ambientais inaladas.

O pólen, a poeira, pelos de animais, produtos de maquilhagem ou cosméticos são bons exemplos dos alergénios oculares mais frequentes.

 

Hordéolo

Mais conhecido por terçolho, um abcesso palpável, um nódulo ou inchaço vermelho que aos poucos forma-se junto ao bordo da pálpebra!

O abscesso é fruto do bloqueio de uma ou mais glândulas sebáceas, que por sinal ficam localizadas no bordo ou espessura das pálpebras.

Este problema traduz-se rapidamente na acumulação e eventual drenagem do líquido/gordura contido nas glândulas, dando por isso origem ao terçolho.

No diagnóstico, conseguimos perceber se os terçolhos são externos (hordéolo externo) ou internos (hordéolo interno), através da localização e das glândulas envolvidas.

Os sinais do hordéolo manifestam-se muitas vezes através da pálpebra inchada e vermelha. Ao evoluir poderá ocorrer a formação de um abcesso, sensível e de cor amarelada, no centro da zona inchada.

              

Blefarite

Esta doença dos olhos traduz-se por uma inflamação da pálpebra e tem uma maior incidência em pessoas com pele oleosa e olho seco.

Muitas vezes está intimamente associada a alterações secundárias da superfície ocular externa, podendo ainda apresentar-se de várias formas associada ao olho seco, conjuntivite ou hordéolos.

 

Lesões oculares traumáticas

Um traumatismo dos olhos pode dever-se a uma contusão palpebral e, gradualmente pode provocar inflamação e inchaço nos olhos.

Estas lesões podem ocorrer na rotina laboral, podendo acarretar graves consequências para a visão.

 

A boa notícia é que, nos casos que o diagnóstico é precoce, conseguimos recuperar e melhorar o desempenho visual.

Se já está à procura de uma clínica oftalmológica no Porto, podemos ajudá-lo!

A nossa equipa clínica é composta por profissionais com especialização em várias áreas complementares à oftalmologia, o que só contribui para a taxa de sucesso nos tratamentos.

Se estiver interessado marque uma consulta de oftalmologia, para o orientarmos no melhor tratamento!