Cataratas na oftalmologia o que precisa de saber

Cataratas na oftalmologia o que precisa de saber

Sabia que os seus olhos também envelhecem?

O processo de envelhecimento é gradual e, os seus efeitos, são notórios nos olhos.

A idade é um fator de risco e, traz consigo o aumento de problemas de visão, que atingem sobretudo os idosos. As cataratas são uma delas!

A saúde ocular merece atenção em todas as fases da vida, mas a partir dos 50 anos os cuidados devem ser redobrados.

Cerca de 124 milhões de pessoas sofrem de erros refrativos não corrigidos e, 65 milhões têm catarata.

Estes dados alarmantes são da IAPB (Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira) e, não deixam dúvidas: a doença é a maior causa da cegueira no mundo!

Tudo isto poderia ter sido evitado, através do diagnóstico precoce e intervenção cirúrgica.

Mas, o desafio permanece: a maioria das pessoas pensa que por conseguir ver tem olhos saudáveis e, só procura um médico dos olhos ou oftalmologista quando é confrontado com algum desconforto visual.

A negligência de sintomas prevalece e contribui para a evolução da catarata.

Cientes disto, a nossa missão enquanto clínica de oftalmologia é incitar à rápida mudança de conduta!

A informação é a arma de prevenção contra todo o tipo de doenças.

Apesar disto, assistimos a uma desinformação geral sobre a seriedade das cataratas!

 

As consultas de oftalmologia são o espaço indicado para esclarecer dúvidas, contudo a linguagem mais técnica pode dificultar a compreensão da doença.

Com isto em mente, vamos esclarecer as dúvidas relacionadas ao diagnóstico de cataratas, as suas causas, a importância da cirurgia e, não só!

Vamos começar?

 

O primeiro passo é marcar exames de rotina regulares! Sabe porque são tão importantes?

Permitem que o seu médico oftalmologista realize o diagnóstico de doenças que originam a perda progressiva da visão.

Quanto mais tarde for o diagnóstico, mais difícil será o nosso contributo em desacelerar ou travar a doença.

Mas também temos boas notícias!

A perda de acuidade visual e cegueira, causados pelas cataratas, podem ser revertidos através de uma cirurgia.

Antes de explorarmos esta cirurgia, deve saber o que são cataratas!

 

O que são cataratas?

A perda de transparência da lente natural do olho (cristalino) dificulta a entrada de luz nos olhos e, com o passar do tempo, afeta a visão, representando assim a catarata ocular.

À medida que a idade avança, o cristalino torna-se turvo e, evolui lentamente, comprometendo a sua visão.

Como já devia suspeitar, o envelhecimento é a causa mais comum de catarata, porém existem outras que poderá desconhecer.

Só compreende estas causas secundárias, se souber o que é o cristalino!

Este é o responsável pela revelação nítida da imagem na retina. Sendo a lente natural do olho transparente, assegura a focagem dos objetos ao longe e ao perto.

As alterações na sua constituição alteram a normal formação das imagens na retina.

Deve ainda saber: nos olhos com cataratas, a visão depende do grau de opacificação do cristalino.

Assim, quanto maior a sua opacidade, mais expectável será o aparecimento de perturbações na visão!

Mas, afinal quais são as causas das cataratas oculares?

Descubra já no próximo tópico!

 

Causas das cataratas

Existem 3 tipos de cataratas: congénita, secundária e senil.

Está a lidar com uma doença multifatorial. Ou seja, uma combinação entre fatores genéticos e ambientais.

Fica a saber que a mais comum é a senil e, causa o envelhecimento do cristalino. Mas, existem outros casos:

  1. Catarata congénita: presente no nascimento.

As grávidas que contraíram toxoplasmose ou sífilis por exemplo têm grandes probabilidade de transmitir a patologia à criança.

  1. Catarata secundária: fatores oculares (glaucoma, uveítes, descolamento da retina), doenças sistêmicas (traumatismos, diabetes mellitus, hipoparatireoidismo). E, ainda, tabagismo, alcoolismo e uso de corticoides.
  2. Catarata senil: opacidade do cristalino que surge com a idade. Não é considerada uma doença, mas sim um processo natural de envelhecimento.

Independentemente da causa, pode expressar-se em apenas um dos olhos.

Quando associada à idade e, doenças sistemáticas aparece nos dois olhos de forma assimétrica. Isto revela uma maior evolução num dos olhos.

Mas, como pode identificar os sintomas?

Encontre algumas pistas no próximo tópico!

 

Cataratas sintomas

Por norma, os pacientes revelam:

  • Visão dupla e turva (diplopia monocular);
  • Muita sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Alteração recorrente dos erros refrativos (mudar de óculos frequente);
  • Redução progressiva da visão noturna;

 

Apesar de nos estágios iniciais, a catarata poder não revelar sintomas, com a opacificação progressiva do cristalino, estes podem tornar-se mais acentuados.

O que nos leva a anunciar a boa notícia!

Através da cirurgia de catarata é possível a recuperação da capacidade visual de inúmeros pacientes.

A nossa equipa utiliza uma tecnologia avançada – a Facoemulsificação.

Esta técnica faz da cirurgia catarata a mais eficaz de todos os procedimentos cirúrgicos.

Está na altura de saber tudo sobre esta cirurgia!

 

Operação às cataratas

Consideramos esta operação como uma verdadeira cirurgia refrativa!

As lentes intraoculares tóricas implantadas para substituir o cristalino opacificado permitem corrigir o astigmatismo.

Quer isto dizer que, para além de conseguir melhorar a sua visão, ainda é possível corrigir erros refrativos.

Graças a esta cirurgia corrigimos astigmatismos superiores a 7 dioptrias.

Uma vez terminada a cirurgia, a grande maioria retoma à sua atividade normal, no final de alguns dias.

Por outro lado, as lentes multifocais que também podem ser utilizadas em determinados pacientes é, permitem uma boa acuidade visual ao longe, intermédia e ao  perto.

 

A cirurgia pode ser realizada quando começa a prejudicar a atividade quotidiana. O objetivo é assegurarmos uma melhor qualidade de vida ao paciente.

Se está à procura de uma solução quanto às Cataratas, podemos ajudá-lo!

A nossa clínica oftalmológica não só tem muitos anos de experiência no tratamento de doenças oculares, como conta com oftalmologistas especializados na sua necessidade!

Não negligencie a sua visão:

Se estiver interessado, marque já a sua consulta de oftalmologia através dos contactos disponibilizados.